Um guia para começar a se exercitar.

Com certeza você já ouviu que exercícios físicos são essenciais para a saúde, e isso é a mais pura verdade. Praticar uma atividade física traz inúmeros benefícios para o nosso bem-estar do dia a dia.

Mas como lidar com aquela preguicinha e falta de disposição que dá só de pensar?

Se liga nas nossas dicas pra você encarar exercícios de uma outra forma e começar a inseri-los na sua rotina.



  1. Escolha uma modalidade que você goste.

"Se exercite por amar seu corpo, não por obrigação" é uma velha frase que representa exatamente o que deveria ser praticar qualquer atividade. É injusto uma coisa tão benéfica para nosso corpo e mente ser uma forma de condenação ou obrigação. Dar continuidade em algo que não temos prazer é muito difícil.

Quem nunca pagou 3 meses em uma academia e foi só 2 vezes? 🙆‍♀️🙋

Claro que o foco e a disciplina são muito importantes nesse momento, mas gostar de se exercitar é com certeza o principal ponto pra sair de casa com motivação.

A lista de possibilidade é grande: dança, artes marciais, funcional, esportes coletivos, aeróbicos, natação, tênis, etc. Qual você se identifica mais?


2. Comece devagar, sem se cobrar tanto.


Vá aos poucos se adaptando a essa nova rotina, afinal, a vida é feita de equilíbrios, certo?

Sair da inércia pra um ritmo muito pesado pode exigir demais do seu corpo e provocar até lesões. Começar treinando 1x na semana já está ótimo, você ainda pode conciliar com alongamentos, corrida, caminhada ou bicicleta leve em outros dias.

Vá dando tempo para seu corpo se acostumar e se atente ao quanto você está progredindo. Se no final do primeiro ou segundo mês, você sentir que está tendo uma evolução, converse com sua instrutora e pergunte sobre aumentar a quantidade de vezes na semana.


3. Treinar em casa por conta própria?


Essa é uma decisão que precisa de muito cuidado e atenção. Como falei antes, é muito fácil conseguir uma lesão ou executar exercícios de forma incorreta. Investir em profissionais e lugares com qualidade é muito importante para a sua saúde. Hoje existem várias aulas online que é possível acompanhar um instrutor, mas o mais importante é o instrutor acompanhar você para corrigir posturas e técnicas, dar atenção personalizada a cada aluno, tirar dúvidas e avaliar sua evolução durante as aulas.

Estude suas possibilidades. Se treinar sozinha em casa for sua melhor opção, vá com cautela para evitar se machucar.


4. Se permita experimentar.


Existem diversas modalidades pra você conhecer e você pode acabar se apaixonando por alguma delas. Agende aulas experimentais, diversifique e escolha a que você se sentir bem.

Deixe um pouco de lado aquela preocupação de emagrecer "x" quilos ou "ganhar massa rápido". Foque no seu bem-estar pessoal que eu tenho certeza que seus objetivos serão alcançados.


Aproveite, as possibilidades são inúmeras!